Pular para o conteúdo principal

Natal... Um Feliz Natal....

Natal.... Durante anos há anos atrás, era realmente um Feliz Natal.... com o passar do tempo as pessoas se tornaram mais frias até nessa data comemorativa que costumava reunir família e amigos, todos juntos em um único lugar, todos se divertindo e felizes... Agora... não passa de uma simples data, onde cada um está em seu canto, comendo e fingindo comemorarem algo ou fingindo se divertirem, mesmo estando visivelmente claro que não....Anos atrás víamos as ruas enfeitadas, cheias de luzes, todos comemorando, felizes sem preocupações... Agora... Todos se preocupam com tudo, alguns com as vidas dos outros, outros com si mesmos, outros com ninguém... As comemorações se tornam cada ano mais negras, simplesmente se apagando dos corações das pessoas... Não existe mais aquele sentimento alegre mutuo e carinhoso, não existe mais aquele puro calor humano que aconchegava uns aos outros em simples e pura harmonia e bel-prazer....Não consigo aceitar o rumo que a sociedade está tomando, o clima sombrio que envolve todos, todos os dias, se tornando cada vez mais denso, o amor ao próximo se esvaindo e todos olhando apenas para o próprio umbigo, tornando difícil confiar até nas pessoas mais próximas, trazendo insegurança a cada decisão que tomamos sem saber se ela será a decisão certa....Não me faço de santo nessa história, não sou hipócrita ao ponto disso, sei dos meus "pecados" parte dessa névoa densa e negra me cobre tanto quanto outras pessoas,  eu convivo a cada dia com minhas decisões boas ou ruins, "sinto o peso do mundo nas costas" pelas escolhas já feitas, pelas palavras um dia ditas e ouvidas, não confio totalmente nas pessoas em minha volta, simplesmente não consigo, mais possuo minha honra pessoal de sempre tentar fazer o melhor para aqueles que estão comigo ao meu lado, apesar de poucos realmente valerem meu esforço, queria que o mundo vivesse em paz e harmonia, mais não vivemos em um conto de fada, nosso egoismo não nos permite tal coisa.... Porém do pouco amor que existia há poucos anos atrás esta cada vez mais se esvaindo de nossos corações, já vivemos em uma época de aparências e falsas ideologias, poucas pessoas e casais se amam realmente tornando também o amor um "mito ou uma lenda", poucas pessoas querem tornar uma possível paixão em um verdadeiro amor, muitos acham que tal coisa vem de "mão beijada", que eles só tem que sentar e esperar que vai aparecer, como em um truque de mágicas, desistindo no primeiro sinal de "turbulência" largando seu/sua companheiro(a) para trás, desencadeando toda uma cadeia de variáveis, desde a descrença em felicidade ou amor a generalização de egos mesquinhos e arrogantes... Verdadeiras amizades se desfazendo ou se distanciando por coisas precárias como desculpas.... Vivemos em um mundo em decadência, onde só sobrevive aqueles que possuem dinheiro ou que se misturem a uma sociedade de aparências e arrogâncias, sem se preocupar com palavras ditas ou atitudes tomadas que possam prejudicar terceiros.... Simplesmente é decepcionante ver o que um dia foi belo se tornar tão deplorável...

Novamente digo, não sei se algo do que escrevi possa fazer algum sentido para você leitor, talvez sejam apenas pensamentos bagunçados de um "paranoico" como eu, ou um desabafo pessoal da minha visão de como o mundo está se tornando pior a cada dia.... Espero que algo do que tenho escrito em meus últimos post possam tocar vocês, simpatizar com o pensamento de algum de vocês. Por mais rude que possa ser em minhas palavras as vezes, sempre desejo o bem a todos vocês, com palavras escritas me expresso melhor do que realmente gostaria fisicamente, pessoalmente,

Um Feliz Natal, que tudo se torne luz um dia novamente. Que venha uma nova era e nos tire desses tempos difíceis.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dolorem Aeternum

Sabe, e triste quando uma pessoa te cobra aquilo que nem mesmo ela fornece. Uma vida hipócrita, uma mágoa profunda. Carinhos e palavras que nunca recebi mais que sempre sou cobrado por também não fazê-los. Homens também gostam de receber carinhos, escutar bonitas palavras, gosta de ouvir "como foi seu dia?" Mesmo sabendo que a pessoa não se importa, gosta que mostre que se preocupa... Nossa chama começa a se apagar a partir daquele momento em que somos tratados com descaso, desprezo e ignorância, onde mais exigem do que cooperam... Também gostamos de atividades em família, quando nenhum precisar forçar o outro a fazer o que não quer... Infelizmente aos poucos a vida transformam nossos corações aos poucos em enormes pedras de gelo a cada dia um pouco mais.

Sentimentos... Complexidade em cultivar...

O amor... Como o amor pode ser algo tão complicado e complexo para mim... Como pode ser tão difícil cultivar esse "lindo" sentimento... Afinal... O que realmente é o amor? Realmente existe isso? Ou apenas é só mais um jogo de interesse, ou uma necessidade de se adequar aos padrões aceitáveis da sociedade tendo alguém para "viver e morrer juntos"... Não sei... Ninguém sabe... Pode ser várias coisas... Sabe.. eu invejo os poucos casais que conheço que realmente se "amam" se são super bem e são realmente felizes um na presença do outro... Invejo de uma forma boa, melhorando o termo, eu admiro essas pessoas, a vida saudável que elas levam, a linda família que eles formam... Mais não espero que o mesmo um dia me aconteça, não vale a pena, não para o meu sangue... Vivo de relacionamentos turbulentos, às vezes por eu me importar de mais e as vezes por me importar de menos... Muitas vezes perco a vontade de seguir em frente quando o relacionamento se baseia em i…

Arco e Flecha da Lótus Escarlate "Guren No Yumiya"

Eles são a caça
E nós os caçadores!

Pobreza! Pobreza! Só há pobreza! Pobreza, mas nós somos os caçadores!
Pânico! Pânico! Só há pânico! Pânico, mas nós somos os caçadores!

Ninguém se lembra dos nomes das flores esmagadas
Pássaros caídos esperam o próximo vento para tentar novamente

Achou que tinha rezado, mas isso não irá adiantar de nada
Apenas aqueles que podem lutar podem mudar nosso mundo

Andando nos cadáveres, nós marchamos em frente, porcos rindo da nossa vontade de progresso
Vivendo com uma prosperidade falsa como gado, nós deveríamos agarrar nossa liberdade como lobos famintos!

Responda a humilhação com flechas de retaliação
No lado distante da muralha, a presa é morta pelo caçador
Como nossos corpos queimando de um transbordante desejo
“Uma flecha flamejante

Voa vindo do escarlate crepúsculo!"

Mas nós somos os caçadores!
Pânico! Pânico! Só há pânico! Pânico, mas nós somos os caçadores!

Pego meu arco, sigo minha presa, não vou deixá-la fugir
Armo meu arco, chego mais preto, n…