Pular para o conteúdo principal

Postagens

Externata malo

Sabe..... Fazia tempos que não escrevia... Por mais que não me faltasse palavras para escrever, eu optava por não escrever.... A vida é realmente cansativa e desinteressante, as pessoa em nossa volta são completamente entediantes e necessitadas de atenção extrema e infelizmente eu não sou sensível o bastante (um dia já fui) para perder meu tempo com isso.... Fornecendo atenção desnecessária para manter o ego de outra pessoa.... Queria eu, voltar a ter empatia pelas pessoas e deixar um louco a sensatez de lado.... As pessoas almejam a verdade mais escolhem a mentira por medo de se machucaram... Queria conseguir sentir qualquer coisa por seres humanos, mais já não consigo... é tão difícil e desgastante tentar conservar o afeto nas pessoas, seria tão mais simples e satisfatório se cada um ficasse em seus cantos, falando com suas vozes interiores,  evitando discussões desnecessárias e brigas estúpidas,  seria tão melhor se as pessoas fossem todas sensatas e não jogasse seus desejos e suas…
Postagens recentes

Dolorem Aeternum

Sabe, e triste quando uma pessoa te cobra aquilo que nem mesmo ela fornece. Uma vida hipócrita, uma mágoa profunda. Carinhos e palavras que nunca recebi mais que sempre sou cobrado por também não fazê-los. Homens também gostam de receber carinhos, escutar bonitas palavras, gosta de ouvir "como foi seu dia?" Mesmo sabendo que a pessoa não se importa, gosta que mostre que se preocupa... Nossa chama começa a se apagar a partir daquele momento em que somos tratados com descaso, desprezo e ignorância, onde mais exigem do que cooperam... Também gostamos de atividades em família, quando nenhum precisar forçar o outro a fazer o que não quer... Infelizmente aos poucos a vida transformam nossos corações aos poucos em enormes pedras de gelo a cada dia um pouco mais.

Sentimentos... Complexidade em cultivar...

O amor... Como o amor pode ser algo tão complicado e complexo para mim... Como pode ser tão difícil cultivar esse "lindo" sentimento... Afinal... O que realmente é o amor? Realmente existe isso? Ou apenas é só mais um jogo de interesse, ou uma necessidade de se adequar aos padrões aceitáveis da sociedade tendo alguém para "viver e morrer juntos"... Não sei... Ninguém sabe... Pode ser várias coisas... Sabe.. eu invejo os poucos casais que conheço que realmente se "amam" se são super bem e são realmente felizes um na presença do outro... Invejo de uma forma boa, melhorando o termo, eu admiro essas pessoas, a vida saudável que elas levam, a linda família que eles formam... Mais não espero que o mesmo um dia me aconteça, não vale a pena, não para o meu sangue... Vivo de relacionamentos turbulentos, às vezes por eu me importar de mais e as vezes por me importar de menos... Muitas vezes perco a vontade de seguir em frente quando o relacionamento se baseia em i…

Vale a pena tentar ser melhor? Viver x Existir

Sabe... Eu havia começado esse ano com o objetivo de tentar ser uma pessoa melhor para todos e para mim mesmo... Mais a cada dia que se passa, eu duvido que valha a pena ser uma pessoa melhor... Por algum motivo, parece que as pessoas entendem que ser melhor é se tornar bobo e ingênuo. Eu sou uma pessoa de poucas amizades e poucos amores. Amo poucas mulheres, amo a minha namorada que está comigo, as únicas outras mulheres que amo e admiro da mesma forma são minha mãe e minha avó, nenhuma além dessas mulheres, as demais eu apenas respeito, como já me disseram várias vezes, eu sou bem insensível com as pessoas, não faço por mal, é apenas um reflexo de auto-defesa eu acho... Um reflexo do tanto que as pessoas já me decepcionaram durante todos esses anos, cada dia mais, das coisas cruéis que já ouvi e ouço, das que já sobrevivi e ainda sobrevivo.... É tanta coisa que hoje eu já não vivo, não sinto, apenas existo. Existo em um mundo que caminho sobre meus rancores, palavras não ditas e ati…

BORBOLETAS

"Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de se decepcionar é grande.

As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.

Temos que nos bastar... nos bastar sempre e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.

As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.

Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.

Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.

O segredo é não cuidar das bo…

....

Não me agrada disputar atenção. Eu sempre vou ser a pessoa que perde, entende? A pessoa deixada, substituída, desinteressante. Não, isso não é complexo, não: é estatística. Tenho vida afora muitas provas disso e não reclamo, não interprete isso como uma reclamação. Apenas quero contar que jogo a toalha antes de entrar no ringue, por assim dizer. Jogo o meu corpo para o lado por conta própria antes de levar o soco e precisar de maca, remédios e recuperação. Já nem entro mais nas disputas; eu perdi o ar de tanto tentar.

  — Camila Costa.


Fonte:Sei la, Vi no tumblr

Natal... Um Feliz Natal....

Natal.... Durante anos há anos atrás, era realmente um Feliz Natal.... com o passar do tempo as pessoas se tornaram mais frias até nessa data comemorativa que costumava reunir família e amigos, todos juntos em um único lugar, todos se divertindo e felizes... Agora... não passa de uma simples data, onde cada um está em seu canto, comendo e fingindo comemorarem algo ou fingindo se divertirem, mesmo estando visivelmente claro que não....Anos atrás víamos as ruas enfeitadas, cheias de luzes, todos comemorando, felizes sem preocupações... Agora... Todos se preocupam com tudo, alguns com as vidas dos outros, outros com si mesmos, outros com ninguém... As comemorações se tornam cada ano mais negras, simplesmente se apagando dos corações das pessoas... Não existe mais aquele sentimento alegre mutuo e carinhoso, não existe mais aquele puro calor humano que aconchegava uns aos outros em simples e pura harmonia e bel-prazer....Não consigo aceitar o rumo que a sociedade está tomando, o clima somb…