Pular para o conteúdo principal

Uma Pequena Auto-Biografia e algo mais...

Prazer, Me chamo Fernando.
Tenho 18 anos...
Por ironia do destino ainda estou cursando o ensino médio... 
Ou por eu ser um fracasso nos estudos mesmo, tsc...
Pretendo terminar logo o ensino médio, e começar a cursar faculdade de Tecnologia.
Minha vida ao longo desses 18 anos tem sido um saco total...
Errei várias vezes e vi também várias pessoas errarem...
Aprendi muito com os meus erros, más aprendi mais ainda com os erros dos outros...
Sei que não se deve confiar nem mesmo na familia, nem na pessoa mais confiável você
deve confiar cegamente.
Este ano pelo menos pelo que percebi será bom em alguns momentos.
Minha vida inteira eu me esforcei para ser bom em tudo que eu gosto,
a maior parte em Tecnologia, e talvez algumas coisas a parte...
Já não ligo mais para uma vida social, eu gosto de ficar sozinho,
ao longo dos anos eu me acostumei a ser assim...
Por mais ruim que parece, eu gosto de ser assim,
me sinto mais a vontade, me sinto livre, não preciso em me preocupar em seguir algum
padrão social...
Muitas pessoas me julgam pela aparência... Más eu não ligo,
apenas peço que me conheça antes de falar algo sobre mim, as pessoas que me conhecem sabem
como sou, como gosto de ser, como faço as coisas...
Sim, eu sou anti-social, não gosto de lugares cheios de pessoas,
prefiro lugares mais calmos...
Também não acredito no termo "Felizes Para Sempre",
afinal eu nunca tive motivo para acreditar nisso...
Acho difícil eu ter algum relacionamento, más no fundo eu talvez
ainda acredite que há um pequena possibilidade de encontrar uma garota
certa para mim, uma que apenas me quer pelo que sou como sou,
sem querer que eu mude meu jeito de ser, por que mesmo que ela queira
eu não vou mudar meu jeito de ser, más talvez eu tente mudar caso eu ache
que ela seja realmente a pessoa certa para mim... Más provavelmente eu não mudarei muito.
 Podemos viver felizes juntos como somos sem mudarmos nossa personalidade,
afinal todos somos o que somos por nossas verdadeiras personalidades,
por mais que tentemos ser diferentes, uma hora nossas mascaras irão cair e estaremos
desprotegidos,  pois nunca seremos fortes para resistirmos ao realismo
sem nunca termos sido nós mesmos usando nossa verdadeira face,
para nos fortalecermos e estarmos sempre de pé quando o verdadeiro sofrimento vir... 
Máscaras são apenas para tentarmos nos proteger, apenas um escudo que nos defende
da realidade do mundo, más até mesmo o escudo mais resistente tem sua fraqueza,
se nos escondermos muito atrás dele, quando ele cair não estaremos prontos para lutar...
Más ainda acredito que nossas vidas possam servir algum dia para um propósito maior
além de destruir tudo que tocamos...
Eu apenas continuarei como sou, continuarei sendo gentil com as pessoas,
continuarei tentando ser educado com todos, até mesmo com os que não gosto
pois não quero me rebaixar ao nível de tais pessoas...
Sempre serei eu mesmo independente do que me acontece, eu estarei
sempre acreditando que eu possa ter um final feliz nessa história ou apenas tentando acreditar...


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Natal... Um Feliz Natal....

Natal.... Durante anos há anos atrás, era realmente um Feliz Natal.... com o passar do tempo as pessoas se tornaram mais frias até nessa data comemorativa que costumava reunir família e amigos, todos juntos em um único lugar, todos se divertindo e felizes... Agora... não passa de uma simples data, onde cada um está em seu canto, comendo e fingindo comemorarem algo ou fingindo se divertirem, mesmo estando visivelmente claro que não....Anos atrás víamos as ruas enfeitadas, cheias de luzes, todos comemorando, felizes sem preocupações... Agora... Todos se preocupam com tudo, alguns com as vidas dos outros, outros com si mesmos, outros com ninguém... As comemorações se tornam cada ano mais negras, simplesmente se apagando dos corações das pessoas... Não existe mais aquele sentimento alegre mutuo e carinhoso, não existe mais aquele puro calor humano que aconchegava uns aos outros em simples e pura harmonia e bel-prazer....Não consigo aceitar o rumo que a sociedade está tomando, o clima somb…

Vale a pena tentar ser melhor? Viver x Existir

Sabe... Eu havia começado esse ano com o objetivo de tentar ser uma pessoa melhor para todos e para mim mesmo... Mais a cada dia que se passa, eu duvido que valha a pena ser uma pessoa melhor... Por algum motivo, parece que as pessoas entendem que ser melhor é se tornar bobo e ingênuo. Eu sou uma pessoa de poucas amizades e poucos amores. Amo poucas mulheres, amo a minha namorada que está comigo, as únicas outras mulheres que amo e admiro da mesma forma são minha mãe e minha avó, nenhuma além dessas mulheres, as demais eu apenas respeito, como já me disseram várias vezes, eu sou bem insensível com as pessoas, não faço por mal, é apenas um reflexo de auto-defesa eu acho... Um reflexo do tanto que as pessoas já me decepcionaram durante todos esses anos, cada dia mais, das coisas cruéis que já ouvi e ouço, das que já sobrevivi e ainda sobrevivo.... É tanta coisa que hoje eu já não vivo, não sinto, apenas existo. Existo em um mundo que caminho sobre meus rancores, palavras não ditas e ati…

....

Não me agrada disputar atenção. Eu sempre vou ser a pessoa que perde, entende? A pessoa deixada, substituída, desinteressante. Não, isso não é complexo, não: é estatística. Tenho vida afora muitas provas disso e não reclamo, não interprete isso como uma reclamação. Apenas quero contar que jogo a toalha antes de entrar no ringue, por assim dizer. Jogo o meu corpo para o lado por conta própria antes de levar o soco e precisar de maca, remédios e recuperação. Já nem entro mais nas disputas; eu perdi o ar de tanto tentar.

  — Camila Costa.


Fonte:Sei la, Vi no tumblr