O Poeta e a Musa

Existe uma cidade antiga forjada
Com o mistério de Tom
O poeta e sua musa
E o lago mágico
Que deu vida
Para as palavras que o poeta usou

Agora, a musa era sua felicidade
E ele rimava sobre a sua graça
E contou-lhe histórias de tesouros
Profundamente abaixo das ondas enegrecidas

Até que na quietude de uma madrugada
Ainda em sua coroa mística
A musa, ela desceu até o lago
E nas ondas ela se afogou

E agora para ver o seu amor se libertar
Você vai precisar da chave da cabine bruxas
Encontre a senhora da luz enlouquecida com a noite
É assim que você remodela o destino

O Poeta desceu para o lago
Para chamar a sua querida
Quando não houve resposta
Ele foi superado com o medo
Ele procurou em vão por seu tesouro perdido
E muito em breve a noite cairia
E só seu próprio eco responderia o seu chamado

E quando ele prometeu trazer de volta seu amor
Pelas histórias que ele criou
Pesadelos se alteram eternamente, na escuridão do lago

E agora para ver o seu amor se libertar
Você vai precisar da chave da cabine bruxas
Encontre a senhora da luz que está presa à noite
É assim que você remodela o destino

Na calada da noite, ela veio a ele
Com a escuridão em seus olhos
Vestindo um vestido de luto
Palavras doces como o seu disfarce
Ele tomou-a sem uma palavra
Para assim ver seu grave erro
E jurou tanto para o silêncio
Nas profundezas do lago

Agora, se é real ou apenas um sonho
Um mistério permanece
Por isso está dito
Em uma noite sem lua, eles ainda podem assombrar esse lugar

E agora para ver o seu amor ser livre
Você vai precisar da chave da cabine bruxas
Encontre a senhora da luz enlouquecida com a noite
É assim que você remodela o destino

E agora para ver o seu amor em liberdade
Você vai precisar da chave da cabine bruxas
Encontre a senhora da luz que está presa à noite
É assim que você remodela o destino.



Poets Of The Fall

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Natal... Um Feliz Natal....

Vale a pena tentar ser melhor? Viver x Existir

....