Pular para o conteúdo principal

O Poeta e a Musa

Existe uma cidade antiga forjada
Com o mistério de Tom
O poeta e sua musa
E o lago mágico
Que deu vida
Para as palavras que o poeta usou

Agora, a musa era sua felicidade
E ele rimava sobre a sua graça
E contou-lhe histórias de tesouros
Profundamente abaixo das ondas enegrecidas

Até que na quietude de uma madrugada
Ainda em sua coroa mística
A musa, ela desceu até o lago
E nas ondas ela se afogou

E agora para ver o seu amor se libertar
Você vai precisar da chave da cabine bruxas
Encontre a senhora da luz enlouquecida com a noite
É assim que você remodela o destino

O Poeta desceu para o lago
Para chamar a sua querida
Quando não houve resposta
Ele foi superado com o medo
Ele procurou em vão por seu tesouro perdido
E muito em breve a noite cairia
E só seu próprio eco responderia o seu chamado

E quando ele prometeu trazer de volta seu amor
Pelas histórias que ele criou
Pesadelos se alteram eternamente, na escuridão do lago

E agora para ver o seu amor se libertar
Você vai precisar da chave da cabine bruxas
Encontre a senhora da luz que está presa à noite
É assim que você remodela o destino

Na calada da noite, ela veio a ele
Com a escuridão em seus olhos
Vestindo um vestido de luto
Palavras doces como o seu disfarce
Ele tomou-a sem uma palavra
Para assim ver seu grave erro
E jurou tanto para o silêncio
Nas profundezas do lago

Agora, se é real ou apenas um sonho
Um mistério permanece
Por isso está dito
Em uma noite sem lua, eles ainda podem assombrar esse lugar

E agora para ver o seu amor ser livre
Você vai precisar da chave da cabine bruxas
Encontre a senhora da luz enlouquecida com a noite
É assim que você remodela o destino

E agora para ver o seu amor em liberdade
Você vai precisar da chave da cabine bruxas
Encontre a senhora da luz que está presa à noite
É assim que você remodela o destino.



Poets Of The Fall

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Arco e Flecha da Lótus Escarlate "Guren No Yumiya"

Eles são a caça
E nós os caçadores!

Pobreza! Pobreza! Só há pobreza! Pobreza, mas nós somos os caçadores!
Pânico! Pânico! Só há pânico! Pânico, mas nós somos os caçadores!

Ninguém se lembra dos nomes das flores esmagadas
Pássaros caídos esperam o próximo vento para tentar novamente

Achou que tinha rezado, mas isso não irá adiantar de nada
Apenas aqueles que podem lutar podem mudar nosso mundo

Andando nos cadáveres, nós marchamos em frente, porcos rindo da nossa vontade de progresso
Vivendo com uma prosperidade falsa como gado, nós deveríamos agarrar nossa liberdade como lobos famintos!

Responda a humilhação com flechas de retaliação
No lado distante da muralha, a presa é morta pelo caçador
Como nossos corpos queimando de um transbordante desejo
“Uma flecha flamejante

Voa vindo do escarlate crepúsculo!"

Mas nós somos os caçadores!
Pânico! Pânico! Só há pânico! Pânico, mas nós somos os caçadores!

Pego meu arco, sigo minha presa, não vou deixá-la fugir
Armo meu arco, chego mais preto, n…

Colapso neural....

Todos temos um passado... No qual aquele que nos fez como somos hoje... Porém alguns passados ficam presos a você, tão presos que você acaba se tornando parcialmente tão ruim como eles... Quando digo "passado" não me refiro a bons momentos, pelo contrário... Me refiro aos maus momentos, eles sim é que vão moldar o seu "eu" atual...


Eu já tive muitos momentos bons no passado.... Porém sempre fui marcado pelos péssimos momentos, momentos que não consigo esquecer, rancores que guardo sem necessidade pela incapacidade de não conseguir esquecer, momentos que me fazem odiar toda a escória humana incluindo a mim mesmo, sentimentos que a cada minuto se acumula mais e mais, principalmente nos tempos de hoje... Cada dia que passa sinto que aquela pequena parede que separa a sanidade da insanidade e paranóia esteja ficando muito fina... Ainda ha pessoas que realmente amo nesse mundo, pessoas pelas quais morreria de bom grado, pessoas elas quais infelizmente não consigo demons…

Dolorem Aeternum

Sabe, e triste quando uma pessoa te cobra aquilo que nem mesmo ela fornece. Uma vida hipócrita, uma mágoa profunda. Carinhos e palavras que nunca recebi mais que sempre sou cobrado por também não fazê-los. Homens também gostam de receber carinhos, escutar bonitas palavras, gosta de ouvir "como foi seu dia?" Mesmo sabendo que a pessoa não se importa, gosta que mostre que se preocupa... Nossa chama começa a se apagar a partir daquele momento em que somos tratados com descaso, desprezo e ignorância, onde mais exigem do que cooperam... Também gostamos de atividades em família, quando nenhum precisar forçar o outro a fazer o que não quer... Infelizmente aos poucos a vida transformam nossos corações aos poucos em enormes pedras de gelo a cada dia um pouco mais.